• Portal da Cardiologia D'Or

Disfunção miocárdica em sobreviventes de câncer de mama precoce


Carolina Carvalho Silva

Estudo publicado no European Journal of Heart Failure buscou determinar a prevalência e os fatores de risco para disfunção miocárdica em uma grande coorte de sobreviventes de câncer de mama em idade precoce (40-50 anos) tratadas com quimioterapia com e sem antraciclinas. A cardiologista Carolina Carvalho Silva (foto), cardio-oncologista da Rede D’Or e conselheira da International Cardio-Oncology Society (ICOS), analisa o trabalho.


Clique aqui para acessar o conteúdo completo.

0 visualização